CHAMAVAM-LHE ORIENTE

7,50 IVA incluído

Ler por aí… na Ásia

Chamavam-lhe Oriente remete-nos para o que a Ásia foi e também nos remete para o que se está a tornar agora.
No livro é observada a dinâmica de poder no continente, enquanto o autor e os seus amigos, locais e estrangeiros, veêm as terras em que estão serem completamente aglutinadas em grandes dinâmicas regionais. É também considerado o papel de Portugal nestas relações tão longínquas.
O autor ainda conseguiu ver as cidades-estado, o Japão do pós-guerra, as comunidades lusófonas, o estreito congelado e a Tailândia libertária.
É no fundo um livro de aventuras e desventuras, com um toque de tristeza pessoal ao saber que não poderão ser repetidas.
Jonas Pulido Valente é um criador com trinta e um anos. Nasceu em 1989 e cresceu entre músicos de várias culturas durante a sua infância alfacinha. Já visitou seis continentes e frequentou o curso de Estudos Asiáticos em Lisboa, onde estudou línguas, culturas e nuances diplomáticas asiáticas. Também é um ávido consumidor e estudioso da cultura americana, da qual o fascina o mundo artístico e insidioso que existe de Nova Iorque a Los Angeles. É assim, um conhecedor de dois mundos e urge que se façam pontes entre eles.

Mantenha-se a par do que fazemos. Siga-nos: FacebooktwitterpinterestrssinstagrammailFacebooktwitterpinterestrssinstagrammailby feather

Adorou esta página? Partilhe com os seus amigos, vão se apaixonar! FacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmailby feather

Autor

Editora

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “CHAMAVAM-LHE ORIENTE”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.