Ler por aí… em Setembro

Programação no Ler por aí… Café

Setembro é mês de regresso à cidade. Temos várias propostas para viver esta rentrée incomum.

Será um mês dedicado à Sardenha, em torno do livro Cinzas, de Grazia Deledda: um livro para Ler por aí… na Sardenha, editado pela Sibila Publicações, uma editora que privilegia a escrita de mulheres. Algumas das propostas de programação são inspiradas neste livro ou na sua geografia, bem como uma ou outra bebida que estamos a preparar com a mesma inspiração – a anunciar em breve.  

É este mês que assinalamos um ano e meio no Ler por aí… Café. O momento não é de festa, mas ainda assim queremos marcar esta data: resistir, resistir, resistir. Por isso, no fim de semana de 19 e 20 de Setembro, lançamos os Dias do Azul Ler por aí… Nestes dias, se vier vestido de Azul Ler por aí… – pode trazer uma peça ou acessório, ou optar pelo look total – será recompensado.

Recomenda-se a reserva de lugar nos eventos ao vivo, devido às condicionantes de espaço que se impõem. Nos eventos online, o link será divulgado no próprio dia na nossa página no Facebook

Divirta-se a Ler por aí…

Boas leituras, bons passeios, boas viagens!

Terça, 1 de Setembro às 18h30

Jelly Jam Improv, com Luana Proença e Stephen Thornton

Jelly Jam Improv, com Luana Proença e Stephen Thornton

~ Improv Jams são conduzidas em Inglês & Português ~
~ Improv Jams are conducted in English & Portuguese ~
(Please scroll down for the text in English)
Estamos de volta!!! Mesmo dia, mesmo lugar, mas em horário diferente. Reestruturamos a Jelly Jam para se adequar à situação corrente em que vivemos. Por isso só teremos 7 VAGAS DISPONÍVEIS!!!
Para se inscrever basta clicar no ticket link disponibilizado no perfil do Jelly Jam no Instagram, e preencher o formulário. Todas as tegras e procedimentos para participar da Jam estão lá.
GRATUITO para Jogar ou €1 para assistir.
Se és um/a improvisador/a/x em Lisboa e queres um lugar para jogar, estas Jams são para ti! Venhas para conhecer [novas] pessoas, fazer cenas, & divertir-te!
A melhor maneira para um/a improvisador/a/x crescer é performar. Uma Jam é a oportunidade perfeita para ganhar tempo de palco e trabalhar tuas habilidades.
O que é uma Jam?
Em um Jam todas/os/xs que participam colocam seus nomes em um chapéu e serão pareados/as/xs aleatoriamente com outra pessoas para fazer cenas curtas. Esta é uma chance para artistas de todos os níveis de juntarem e jogarem com pessoas que talvez não tivessem as chance de jogar junto. É uma maneira sem muito risco de se manter em atividade e explorar a arte da improvisação para si.
Então, venham e joguem!
—-
We are back!!! Same day, same place, just at a different time. We have restructured the Jelly Jam to fit the times we currently live in. Therefore we only have 7 SPOT AVAILABLE!!!
To sign up just click the ticket link on the Jelly Jam Instagram profile and fill out the form. All new rules and procedures for the Jam are there.
FREE to Play or €1 to watch
If you’re an improviser in Lisbon and you want a place to play these Jams are for you! Come meet [new] people, do scenes, & have FUN!
The best way for an improviser to grow is to perform. A Jam is the perfect opportunity to get some stage time and work on your craft.
What is a Jam?
In a Jam all participants will put their name into a hat and will be paired up with random partners to do short scenes. It is a chance for improvisers of all levels to come together and play with people that you might not otherwise have a chance to play with. It is a low-risk way to keep yourself active and explore the craft of improvisation for yourself.
So come out and play! 

Domingo, 13 de Setembro às 18h

Viagem Musical: Débora Paris e Stephan Almeida

Viagem Musical: Débora Paris e Stephan Almeida (Cabo Verde)

Cabo Verde é um dos países mais musicais do mundo – de tal modo que é hábito surgirem famílias em que muitos dos seus membros são músicos. Nomes como Évora, Lobo, Paris, Almeida formam a árvore genealógica da música cabo-verdiana.

Convidamos dois artistas que representam a mais jovem geração de duas destas famílias musicais de Cabo Verde:

Debora Paris é filha de Zé Paris, baixista de Cesária Évora e de todos os grandes talentos de Cabo Verde. É sobrinha de Tito Paris, Kau Paris, Manuel Paris, Toy Paris, Miroka Paris…

Stephan Almeida herdou o virtuosismo do pai, o musico, compositor e produtor musical Bau. É neto do Sr. Baptista, conhecido construtor de instrumentos de corda de São Vicente – guitarras, cavaquinhos… instrumentos de que Stephan é exímio executante.

Contribuição mínima para os músicos: 4 euros
Consumo obrigatório não incluído

Devido às condicionantes do momento actual, recomendamos que reserve o seu lugar.

VIAGEM MUSICAL
O ritual de domingo à tarde em Lisboa: música do mundo no Ler por aí… Café
VIAGEM MUSICAL traz o referencial geográfico do Ler por aí… para o universo da música.
Cada semana, um músico e uma geografia.
Música do mundo no Ler por aí… Café.
VIAGEM MUSICAL.

Terça, 15 de Setembro às 18h30

Jelly Jam Improv, com Luana Proença e Stephen Thornton

Jelly Jam Improv, com Luana Proença e Stephen Thornton

~ Improv Jams são conduzidas em Inglês & Português ~
~ Improv Jams are conducted in English & Portuguese ~
(Please scroll down for the text in English)
Estamos de volta!!! Mesmo dia, mesmo lugar, mas em horário diferente. Reestruturamos a Jelly Jam para se adequar à situação corrente em que vivemos. Por isso só teremos 7 VAGAS DISPONÍVEIS!!!
Para se inscrever basta clicar no ticket link disponibilizado no perfil do Jelly Jam no Instagram, e preencher o formulário. Todas as tegras e procedimentos para participar da Jam estão lá.
GRATUITO para Jogar ou €1 para assistir.
Se és um/a improvisador/a/x em Lisboa e queres um lugar para jogar, estas Jams são para ti! Venhas para conhecer [novas] pessoas, fazer cenas, & divertir-te!
A melhor maneira para um/a improvisador/a/x crescer é performar. Uma Jam é a oportunidade perfeita para ganhar tempo de palco e trabalhar tuas habilidades.
O que é uma Jam?
Em um Jam todas/os/xs que participam colocam seus nomes em um chapéu e serão pareados/as/xs aleatoriamente com outra pessoas para fazer cenas curtas. Esta é uma chance para artistas de todos os níveis de juntarem e jogarem com pessoas que talvez não tivessem as chance de jogar junto. É uma maneira sem muito risco de se manter em atividade e explorar a arte da improvisação para si.
Então, venham e joguem!
—-
We are back!!! Same day, same place, just at a different time. We have restructured the Jelly Jam to fit the times we currently live in. Therefore we only have 7 SPOT AVAILABLE!!!
To sign up just click the ticket link on the Jelly Jam Instagram profile and fill out the form. All new rules and procedures for the Jam are there.
FREE to Play or €1 to watch
If you’re an improviser in Lisbon and you want a place to play these Jams are for you! Come meet [new] people, do scenes, & have FUN!
The best way for an improviser to grow is to perform. A Jam is the perfect opportunity to get some stage time and work on your craft.
What is a Jam?
In a Jam all participants will put their name into a hat and will be paired up with random partners to do short scenes. It is a chance for improvisers of all levels to come together and play with people that you might not otherwise have a chance to play with. It is a low-risk way to keep yourself active and explore the craft of improvisation for yourself.
So come out and play! 

Quinta-feira, 18 de Setembro às 18h

Histórias do Luís, o Bourlingueur

Histórias do Luís, o Bourlingueur

Luís Serpa é marinheiro, escritor, cozinheiro amador e pai adoptivo do Ler por aí… É o nosso bourlingueur* de serviço. E é um infinito contador de histórias. Muitas delas estão no seu blog Don Vivo e no seu livro Avenida da Liberdade nº 1.
Estará connosco num fim de tarde alucinante.
Histórias do Luís, o Bourlingueur é um evento que acontece sempre que o Bourlingueur está cá.
Devido às condicionantes do momento actual, recomendamos que reserve o seu lugar.
Contribuição mínima para o orador: 4 euros.
Consumo obrigatório, não incluído.
*boulingueur: (fr) ce qui fait la bourlingue;
La bourlingue: palavra francesa que significa a errância, o vaguear pelo mundo. Tem origem num termo náutico antigo, que queria dizer bolinar, andar à bolina, ou seja, navegar contra o vento numa trajectória não linear.

Sábado, 19 de Setembro às 17h

Inauguração da exposição "O Não-Lugar", fotografias de César de Melo

Inauguração da exposição “O Não-Lugar”, fotografias de César de Melo

No decorrer desta pandemia, o texto escrito para esta exposição assume um novo significado. Tal como as próprias fotografias expostas.
O Metro é um meio utilizado para nos transportar, mas é também um local de passagem, e que, segundo Marc Augé, não carregamos com suficiente significado para que seja considerado um “lugar.”
Pode ser desconfortável e suspeito: o nosso espaço é invadido por outros e nós invadimos o espaço dos outros. É um espaço que não é nosso, mas de que nos apropriamos assim que entramos nele.
A forma como nos comportamos nele revela a nossa essência e a forma como interagimos com o que nos rodeia.
Aqui vem à superfície aquilo que é intimo, e a solidão contrasta com a agitação frenética, a violência do quotidiano com a sua humanidade e esperança.
Muitas vezes de forma furtiva, outras de forma declarada, esta exposição é um retrato deste “não lugar”.
Em exposição no Ler por aí… Café de 19 de Setembro a 17 de Outubro.
No dia da inauguração, o autor fará uma apresentação do trabalho exposto. Devido às condicionantes de espaço, recomendamos que reserve o seu lugar.
César de Melo nasceu em Lisboa. Após o ensino secundário, passou um ano em Inglaterra, onde entrou no mundo da produção cinematográfica. Foi nessa fase que ele desenvolveu sua paixão por contar histórias por meio de imagens.
No regresso a Portugal, estudou Comunicação e Imagem na Restart. Desenvolveu trabalhos de imagem fotográfica e vídeo para empresas como os CTT, a BP e a Coca Cola, e ganhou alguns prémios nacionais e internacionais.
Durante esse período, César desenvolveu um interesse paralelo pela fotografia de rua. O fascínio pelas pessoas e a maneira como elas se apresentam como parte de um organismo vivo e mutável tornam essa a melhor maneira de explorar, observar e capturar momentos preciosos por meio da fotografia.
Em 2017, foi convidado por David Gibson para fazer parte do livro “100 Great Street Photographs”, publicado pela Prestel.

Domingo, 20 de Setembro às 18h

Viagem Musical: Marco Pombinho - estreia a solo

Marco Pombinho – estreia a solo

Estamos muito felizes por apresentar a estreia a solo do Marco Pombinho, talentoso músico, compositor e autor de canções que vamos poder apreciar pela primeira vez.
Pombinho, na verdade Marco Pombinho, pianista, guitarrista, tocou com meio mundo nos quatro cantos deste planeta afinal de contas redondo, sempre a acompanhar alguma cantora, algum cantor. Depois de uma viagem à Índia surgiu a semente pela escrita e pela escrita de canções, histórias inventadas e/ou auto-biográficas, nunca o saberemos ao certo, histórias de amores-que-vêm e amores-que-vão como as marés e como os ventos.
Uma mão cheia de canções que ganharão vida no seu cd autoral a ser gravado assim que a vida o permitir e os astros conspirarem a favor.
Contribuição mínima para o músico: 4 euros
Consumo obrigatório não incluído
Devido às condicionantes do momento actual, recomendamos que reserve o seu lugar. Reservas válidas até 15m antes da hora do espectáculo.
Será feita a transmissão em zoom. Acesso mediante pagamento – 2 euros
VIAGEM MUSICAL
O ritual de domingo à tarde em Lisboa: música do mundo no Ler por aí… Café
VIAGEM MUSICAL traz o referencial geográfico do Ler por aí… para o universo da música.
Cada semana, um músico e uma geografia.
Música do mundo no Ler por aí… Café.
VIAGEM MUSICAL.

Quarta, 23 de Setembro, 19h

 Projecção de "Cenere", de Febo Mari (1916), a partir de "Cinzas" de Grazia Deledda

Projecção de “Cenere”, de Febo Mari (1916)

Um fim de tarde com um filme antigo.

Cenere foi realizado por Febo Mari, em 1916, a partir do romance de Grazia Deledda, Cinzas (1903). Conta com a actuação da actriz Eleonora Duse e do próprio Febo Mori. Tem a duração de 37 minutos e 41 segundos, é mudo e a preto-e-branco.

A actriz Eleonora Duse (1858 – 1924) é considerada uma das maiores actrizes de teatro de todos os tempos. Este foi o único filme em que participou. Era conhecida pela sua beleza e pelas versões italianas de papéis interpretados originalmente por Sarah Bernhardt. Em Cenere, aparece como Rosália, já com 58 anos de idade.

Febo Mari (1884 – 1939) foi realizador, actor e encenador, e director do Teatro Manzoni, em Milão. Interpreta Anania em Cenere.

Entrada gratuita, com consumo obrigatório.

Devido às condicionantes do momento actual, recomendamos que reserve o seu lugar. Reservas válidas até 15m antes da hora do espectáculo.

 

CANCELADO – Sexta-feira, 25 de Setembro às 18h

Karaoke de Leituras, com Cinzas, de Grazia Deledda, a Ler por aí… na Sardenha

Como um karaoke de música, mas em vez de cantar a letra, o público é chamado a ler em voz alta os textos que seleccionámos para projectar: excertos do livro que celebramos este mês: Cinzas, de Grazia Deledda.
As leituras são em português; todos os sotaques são bem-vindos.

Dinamizado por Margarida Branco.

Participação gratuita, com consumo obrigatório
Devido às condicionantes de espaço, recomendamos que reserve o seu lugar.

Sexta-feira, 25 de Setembro às 19h

Travel Talk: Afonso Reis Cabral e a EN2

Travel Talk – Afonso Reis Cabral e a EN2

O regresso do Travel Talk à livraria não podia ser melhor!
Afonso Reis Cabral fez a pé a EN2, que é nada menos que a maior estrada do país: com quase 740 kms vai de Chaves a Faro, ou de Faro a Chaves. Desta viagem resultou um livro, Leva-me Contigo.

Vamos recebê-lo na livraria, e também transmitir em zoom (acesso a disponibilizar no dia do evento).

TravelTalk: Evento irregular, que acontece quando os viajantes estão por cá…

Domingo, 27 de Setembro às 18h

Viagem Musical: Malotira (Mediterrâneo)

Viagem Musical: Malotira (Mediterrâneo)

Malotira é um projeto de música tradicional do mundo, com um foco especial na área do Mediterrâneo.
O projeto nasce a partir duma recolha pessoal de música tradicional por Elisabetta Marcora (voz, guitarra) e está a desenvolver-se com a colaboração de Salvatore Ciotta (guitarra e harmónica), Ruben Leonardi (percussão) e Berta Vidal (flauta transversal), Pedro Queiroz Martinho (violino).
 
Malotira (Sideritis Syriaca), assim conhecida na ilha de Creta, é uma planta espontânea que cresce nas montanhas dos países mediterrânicos.
A origem do nome parece remontar à época da ocupação veneziana da ilha e a palavra significa sacar (tira) os males (malo).

Em Creta esta erva é considerada uma panaceia para muitos males… assim como pode ser a música!

Contribuição mínima para os músicos: 4 euros

Consumo obrigatório não incluído

Devido às condicionantes do momento actual, recomendamos que reserve o seu lugar.

VIAGEM MUSICAL
O ritual de domingo à tarde em Lisboa: música do mundo no Ler por aí… Café
VIAGEM MUSICAL traz o referencial geográfico do Ler por aí… para o universo da música.
Cada semana, um músico e uma geografia.
Música do mundo no Ler por aí… Café.
VIAGEM MUSICAL.

Segunda-feira, 28 de Setembro às 19h

Clube de Leitura Geográfica: Ler por aí... na Sardenha e em Itália

Propomos-lhe uma geografia de leituras.
Encontrar livros no mapa, descobrir os lugares dos livros, viajar através dos livros. Isto é Ler por aí…
O ponto de partida será sempre o nosso “livro do mês”. Um livro, um autor, um lugar. Partilha de impressões sobre este livro em particular, e sobre outros livros que nos transportam para a mesma geografia.
Em Setembro, o Clube de Leitura Geográfica irá explorar a Sardenha e Itália, a partir do livro “Cinzas”, de Grazia Deledda.
Com um bom chá, ou um bom vinho, sempre uma boa conversa.
À última-segunda-feira de cada mês.
Dinamizado por Margarida Branco.
Devido às condicionantes de espaço, recomendamos que reserve o seu lugar.

Ler por aí... em Setembro: Programação no Ler por aí... Café

 

 

Ler por aí... na Sardenha, Itália: Cinzas, de Grazia Deledda

 

 

 

 

 

 


Mantenha-se a par do que fazemos. Siga-nos:FacebooktwitterpinterestrssinstagrammailFacebooktwitterpinterestrssinstagrammailby feather

Gostou desta página? Partilhe:FacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwitterredditpinterestlinkedintumblrmailby feather

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.