Omar Khayyam & Fernando Pessoa: Leitura dos rubai’yat

Programa de aproximadamente 30 min. integrado em eventos vínicos (provas, degustações, apresentações, etc.)

Consiste na leitura de uma seleçcão (feita por nós) de excertos de “Odes ao Vinho” de Omar Khayyam e de rubai’yat de Fernando Pessoa, com acompanhamento musical ao vivo da época (secXII).

Um ruba’i é um poema de dois versos, cada um dos com duas partes (hemistícios). É uma quadra (ruba’i vem do termo árabe que significa “quatro”), com constrangimentos formais extremamente rígidos, tanto na métrica como na rímica (este é um ponto importate a reter). Os rubai’yat têm por tema o vinho, o amor, a busca de prazer, a precariedade da vida.

Omar Khayyam foi um poeta persa do séc. XI DC. Para além de poeta era filósofo, matemático, cientista e astrónomo. Deixou um espólio relativamente grande de rubai’yat, muitos relativos ao vinho.

Fernando Pessoa, ele-mesmo um grande admirador de Khayyam, escreveu rubai’yat em português e em inglês (que respeitam essas exigências fomais!).

 

Gostou desta leitura? Partilhe-a
Partilhe
Partilhe
Partilhe
Partilhe
Subscreva
SHARE

Deixe uma resposta