Ler por aí… no Huambo, Angola

 “Hosi Mbueti decidiu voltar a Angola uma certa manhã, estava ainda deitado. Havia dez anos que estava refugiado na Zâmbia, pois fugira de Angola durante a guerra civil de 1975. Reuniu toda a sua energia e saltou da cama de solteiro, fazendo gemer as molas. Tinha alugado aquele pequeno quarto à Sra. Banda. Era tão pequeno que os poucos pertences – três jarros, uma bacia, um fogareiro, uma caixa com algumas chávenas, três pares de calças e duas camisas – mal pareciam caber ali. Espreguiçou-se , gemendo alto, pegou na bacia e saiu a buscar água para se lavar. Eram dez da manhã e o sol ofuscava.”

O espaço de Patriotas é Angola em guerra com ela própria. Após a descolonização, facções opostas – MPLA e UNITA – lutam pelo poder e espalham morte e destruição pelo território que ambas dizem amar.

Sousa Jamba é Hosie Mbueti, que tal como o próprio autor, viveu refugiado na Zâmbia. Tal como ele, não é zambiano na Zâmbia, mas em Angola não é angolano. Sendo um outsider em qualquer lugar, Hosie tem a capacidade de nos mostrar um ponto de vista desapaixonado.

Conhecemos um pouco da infância de Hosie, sendo um dos momentos mais intensos de toda a história o da morte dos pais em Capingala, e os pensamentos, sensações e resoluções da criança que de repente se vê sozinha no mundo, no meio de uma guerra.

Encontramos Hosie já na Zâmbia. Acompanhamo-lo na sua decisão de se juntar à UNITA, porque acima de tudo Hosie é um ovimbundu. Com ele despedimo-nos dos grandes amigos na Zâmbia.

Depois segue-se a incorporação na UNITA, em que Hosie é sujeito a um processo de aculturação e aprendizagem, no quartel general da UNITA, no Huambo.

Há um episódio marcante em que Hosie, pronto para a guerra, se perde do seu grupo, desarmado, indefeso, entre o capim, no território do inimigo. Sozinho, com uma angustiante sensação de desamparo, Hosie tem tempo e reflecte sobre a situação que está a viver.

Noutro momento, Hosie é feito prisioneiro pelas tropas do MPLA. E aqui há um outro momento de epifania, pois Hosie não deixa de se compadecer do homem que o mantem preso e que subitamente pisa uma mina.

Pouco a pouco, as certezas vão-se diluindo no espírito do nosso protagonista. O que é ser patriota afinal?

Ler este livro em Angola tem especial significado nas regiões mais a sul, Huambo e Jamba, em particular. Procure um sítio de onde possa observar as pessoas e contactar com os ovimbundu.

 

Sousa Jamba

Foto retirada do blog de Manuel de Araújo http://manueldearaujo.blogspot.pt

Sousa Jamba nasceu na missão Dôndi, no Huambo, em 1966. Emigrou para a Zâmbia em 1976, devido a guerra em Angola, e aí permaneceu até 1984. Após a educação primária, no Huambo, os seus estudos, já na Zâmbia, prosseguiram em língua inglesa.

Trabalhou como jornalista em zonas que eram territórios da UNITA, entre 1984 e 1986. Nesse ano adquiriu uma bolsa de estudo na Grã-Bretanha onde se licenciou em Jornalismo. Colabora em diversos jornais em vários países, em especial nos Estados Unidos e Angola.

Embora angolano, Sousa Jamba escreve em inglês. Tem três obras publicadas, tendo duas sido traduzidas para português: Patriots (1990, sendo a edição portuguesa, Patriotas, de 1991 – Livros Cotovia) e A Lonely Devil (1994, sendo a edição portuguesa, Confissão Tropical, de 1995 – Publicações Dom Quixote). On the Banks of the Zambezi (1993) ainda não está publicado em português.

Vive actualmente nos Estados Unidos, viajando frequentemente para África, sobretudo para Angola.

 

 

Angola

Foto retirada do blog Angola Bela http://www.angolabelazebelo.com

Angola é hoje em dia uma nação em reconstrução. A natureza contrasta com as ruinas dos velhos edifícios e com a construção recente das novas zonas que surgem nas cidades.

Os parques naturais existentes têm feito um importante trabalho de reestabelecimento das populações de animais selvagens, largamente dizimadas durante a guerra civil. Actualmente a maioria está adequadamente preparada para receber visitantes.

 

 

Margarida Branco
©Ler por aí…

 

 

 

 

Gostou desta leitura? Partilhe-a
Partilhe
Partilhe
Partilhe
Partilhe
Subscreva
SHARE

Deixe uma resposta